Com abelhas atrasando o jogo, Fortaleza perde por 1 a 0 para o Internacional dentro de casa

Zé Ricardo manteve as ideias de Ceni no Leão, com bom primeiro tempo. Porém, no segundo, foi dominado pelo Inter; Bruno Melo foi expulso e desfalca a equipe cearense

Legenda: Inter foi mal na primeira etapa mas melhorou na segunda e garantiu a viória
Foto: Foto: Kid Junior

O Fortaleza perdeu por 1 a 0 para o Internacional na Arena Castelão neste sábado (17), pela 15ª rodada do Brasileirão. O gol colorado foi de Wellington Silva aos 22 do segundo tempo. Lateral esquerdo Bruno Melo, do Leão, foi expulso por levar dois cartões e está fora do próximo jogo, contra o Santos. Com o resultado, o Inter sobe para a 6ª posição, com 24 pontos enquanto o time cearense fica na 13ª com 17 pontos.

> Veja a tabela atualizada do Brasileirão

O jogo

O começo da partida foi atrasado devido a um enxame de abelhas na bandeira de escanteio , que mobilizou os bombeiros para tratarem da situação. Extintores de incênio e jatos d'água foram usados, mas os insetos insistiam em voltar. Um funcionário do estádio retirou a bandeira e a lavou, o que finalmente espantou os insetos. Porém, as abelhas continuaram na placa de publicidade ao lado da bandeira. Foram 19 minutos de atraso até o confronto enfim ter início.

Legenda: Abelhas atrasaram por 19 minutos o começo do confronto no Castelão
Foto: Foto: Kid Junior

O primeiro tempo do Fortaleza, e de Zé Ricardo como técnico tricolor, foi bem positivo. A pouca troca de passes no campo adversário continua, assim como o time fazia com Rogério Ceni. A espera para uma bola mais rápida é a principal arma do Leão. No 4-2-3-1 que pouco variou, Romarinho e Edinho se destacaram pelas pontas esquerda e direita, respectivamente. Ambos fizeram lances elásticos que animaram o torcedor e incendiaram a partida. 

O placar quase foi aberto em várias oportunidades, não fosse pelas grandes defesas de Danilo Fernandes. O capitão do Internacional salvou chutes de Juninho, Vazquez e Edinho. Foi o melhor atleta da primeira etapa. Já seus companheiros de equipe não foram tão bem. Zeca e Sarrafiore pouco triangularam pelo lado direito, poucos abastecidos pelos meias Bruno Silva, estreante, e Nonato no 4-3-3 de Odair Hellmann. Wellington Silva foi a válcula de escape, mas era bloqueado pela boa defesa do Leão do Pici.

Legenda: Edinho foi o destaque tricolor durante o primeiro tempo
Foto: Foto: Kid Junior

Na segunda etapa, o Inter voltou melhor, ocupando mais a faixa central de campo com Nonato e Rithely dominando as ações. O Tricolor do Pici se fechava com Vazquez e Wellington Paulista pressionando pouco a saída de bola visitante. Romarinho e Edinho caíram de produção e o Colorado teve espaços nas costas dos laterais para explorar a defesa adversária.

Legenda: Zé Ricardo não alterou o estilo de jogo tricolor, com Vazquez se aproximando de Wellington Paulista no ataque. Treinador cobrou bastante do banco
Foto: Foto: Kid Junior

Aos 22 minutos, Parede, que havia acabado de entrar, derrubou Roger Carvalho, que saiu lesionado, e chutou para o gol. Felipe Alves defendeu mas, no rebote, Wellington Silva chutou alto para fazer 1 a 0. A partir do gol, o Inter se fechou em um 4-4-2 com Neilton e Parede não dando tranquilidade para Felipe, Juninho e Bonilha, que voltou a jogar pelo Fortaleza, criarem as jogadas.

Aos 42, Bruno Melo tocou com a mão na bola e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso em seguida. O lateral havia marcado contra o CSA na rodada passada.

Próximos confrontos

Na próxima rodada (16ª) do Brasileirão, o Leão do Pici visita o Santos às 19h, no domingo (25), na Vila Belmiro. Já o Inter encara o Flamengo na quarta-feira (21) pelas quartas de final da Libertadores.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte