Chloé Calmon e Carlos Bahia sagram-se campeões brasileiros de Longboard em Jeri

A carioca Chloé Calmon fez valer seu favoritismo e foi festejada ao conquistar o título em Jeri

Legenda: Chloé sai de Jeri com o troféu de campeã pelo segundo ano consecutivo
Foto: Lima Júnior

O Campeonato Brasileiro de Longboard, disputado entre os dias 10 e 13 na praia de Jericoacoara (CE), definiu os nomes dos Campeões Brasileiros tanto entre os amadores quanto os profissionais. 

No mais importante dia da competição, o sábado, os atletas da categoria Profissional deram um verdadeiro show do mais alto nível de longboard para os presentes. Com o swell perdendo pressão a organização da competição optou por antecipar o cronograma e finalizar as duas principais categorias do campeonato ainda no sábado. O resultado disso foi muita emoção em um final de tarde inesquecível com o sol se pondo no mar e o Brasil conhecendo seus campeões profissionais da modalidade.

Legenda: Festas, "de qualquer tipo", em restaurantes, barracas de praia, hotéis e outros estabelecimentos fechados e abertos estão proibidas entre os dias 15 de dezembro e 4 de janeiro
Foto: Lima Jr

A primeira final a entrar na água foi a feminina com a carioca Chloé Calmon dominando a bateria e mostrando que em termos de longboard, ela é o nome a ser batido. Chloé abusou do estilo e técnica na última e mais importante bateria, para arrancar os maiores scores dos árbitros, incluindo um 9.25 e sair de Jeri com o troféu de campeã pelo segundo ano consecutivo. Chloé foi carregada nos braços da torcida aos gritos de “Rainha de Jeri”. 

“Jericoacoara, para um, é um lugar muito especial. As ondas, as pessoas, os visuais paradisíacos, tudo é perfeito. Estou muito feliz de ter vencido novamente aqui... E gostaria de parabenizar ao Bibita por ter conseguido realizar esse evento incrível em um ano tão estranho para o esporte mundial. Para nós atletas foi um sopro de esperança em meio ao caos”, declarou a campeã. 

Na segunda colocação ficou a potiguar Marina Carbonel, que apesar de ter anotado o maior somatório da competição no Round 1 (19.50 de 20 pontos possíveis), não conseguiu repetir o feito na final terminando o evento como Vice-Campeã Brasileira de Longboard Profissional 2020. Na terceira colocação tivemos a pernambucana Atalanta Batista, que surfou muito para conquistar um merecido lugar no pódio e na quarta colocação ficou a carioca Jasmim Avelino.

Legenda: 3ª colocada, a pernambucana Atalanta Batista
Foto: Lima Jr

Entre os homens o grande campeão foi Carlos Bahia-SP. Mas, ele não teve vida fácil. Com a torcida local empurrando os atletas Antônio Victor e Yam Wisman e com o capixaba Alexandre Escobar determinado a conquistar seu primeiro título nacional na profissional, a disputa foi acirradíssima e marcada pelo equilíbrio. Contudo, apesar do profundo conhecimento dos atletas locais Vitinho e Yam e da determinação de Escobar, Carlos Bahia conquistou o Título de Campeão Brasileiro de Longboard Profissional, o terceiro de sua carreira:

“Estou muito feliz e emocionado! Esse ano foi muito difícil e dei o meu melhor nesse evento. É o terceiro ano que venho para Jeri e durante esse tempo estudei as condições dessa onda para junto com meu shape desenvolver pranchas específicas para Jeri. Deu certo e agora é só agradecer a Deus, minha família, meus patrocinadores e ao Bibita, que conseguiu realizar um evento fantástico no ano mais louco para o esporte mundial”, declarou Bahia.

Legenda: Carlos Bahia e Antonio Victor
Foto: Lima Jr

Em segundo ficou Vitinho, que lutou até o último segundo de bateria buscando a virada e mesmo não conseguindo a nota que precisava para vencer, comemorou muito o título de Vice-Campeão Brasileiro de Longboard Profissional 2020. Em terceiro ficou Alexandre Escobar-SC e em quarto Yam Wisman, que com apenas 17 anos, saiu do evento como a grande revelação nacional no longboard Profissional.

Categorias Amadoras

No domingo, todas as categorias amadoras definiram seus campeões brasileiros. Confira todos os resultados começando pelos veteranos da Master 35+, seguidos pela Junior Sub 18, Super Legend 55+, Legend 50 +, Grand-Legend 60+, Open Feminino e Open Masculino. Confira todos os resultados.

RESULTADOS 

PROFISSIONAL MASCULINO

1º Carlos Bahia-SP

2º Antônio Victor

3º Alexandre Escobar-SC

4º Yam Wisman-CE

 

PROFISSIONAL FEMININO

1ª Chloé Calmon-RJ

2ª Marina Carbonel-RN

3ª Atalanta Batista-PE

4ª Jasmin Avelino 

 

OPEN MASCULINO

1º Antônio Victor-CE 

2º Yam Wisman-CE

3º Adrian Pardo-CE

4º  João Pedro-CE

 

OPEN FEMININO

1ª Marina Carbonel-RN 

2ª Aylla Cinty-RJ

3ª Maina Thompson-RJ

4ª Renata Porcaro-SP

 

MASTER 35+

1º Eduardo Bagé-RJ

2º Paulo Pacheco-CE

3º Vinícius Hirata-PR

4º Robson Fraga-SE

 

LEGENDS 50+

1º Marcelo Bibita-CE

2º Fabiano Malavasi-SP

3º Zezinho Sepetiba-RJ

4º Adriano Viana-CE

 

SUPER LEGENDS 55+

1º Ewandro Balalai

2º Ricardo Phebo-PE

3º Marcelo Bibita-CE

4º Zezinho Sepetiba-RJ

 

GRAND LEGENDS 60+

1º Márcio Vivela-SP

2º Zezinho Sepetiba-RJ

3º Nilson Firmino-SP

4º Ricardo Phebo-PE

 

JUNIOR SUB 18

1º Yan Wisman-CE

2º João Pedro-CE

3º Théo Cabeleira-SP

4º Darlan Almeida-BA

 

INICIANTE MASCULINO

1º Galvão

2º Gabrielzinho

3º João Castanho

4º Luca Caponera

 

INICIANTE FEMININO

1ª Monique Melo 

2ª Aline Adsaka

3ª Patrícia Orlowska

4ª Natália Viana

 

INFANTIL MASCULINO 

1º José Arteiro

2º Gabriel da Silva

3º Ravick

4º Matheus da Silva

 

INFANTIL FEMININO

1ª Jamile Araújo 

2ª Sofia Gabriela

3ª Lanai Thompson

4ª LeeLoo AwaBlue

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados