Charles é absolvido no STJD e desfalca Ceará apenas contra Brusque na Copa do Brasil

Volante havia sido expulso diante do Vitória/BA e precisará cumprir somente punição automática

Legenda: Charles foi expulso na partida contra o Vitória/BA por confusão com o atacante Léo Ceará
Foto: Felipe Santos / Ceará

O volante Charles, do Ceará, foi absolvido de possível punição devido ao cartão vermelho recebido contra o Vitória e irá cumprir apenas suspensão automática diante do Brusque, pela 4ª fase da Copa do Brasil. O julgamento ocorreu nesta sexta-feira (11) pela Quinta Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

O lance em análise ocorreu em 26 de agosto, durante triunfo alvinegro por 4 a 3 no Barradão, em Salvador/BA. Após desentendimento na grande área, o atleta e o atacante Léo Ceará trocaram empurrões e foram expulsos pelo árbitro Paulo Roberto Alves Junior sob alegação de agressão.

O resultado é tratado como positivo pelo departamento jurídico do Vovô pois agredir o adversário, pelo artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), é passível de pena de quatro a 12 partidas de suspensão. No caso, Charles cumprirá somente a consequência do próprio cartão vermelho, retornando no jogo seguinte.

Em duelo de ida e volta, o Ceará enfrenta o Brusque na quarta-feira (16), às 21h30, em Santa Catarina. O retorno ocorre em nova quarta (23), no mesmo horário, na Arena Castelão. Caso avance, o time conquista R$ 2,6 milhões e vaga nas oitavas da Copa do Brasil.

Punições do Vitória/BA

Paulo Carneiro, presidente do Vitória/BA: punido com multa de R$ 21 mil e suspensão de 135 dias. Como estava suspenso preventivamente, o gancho total é de 121 dias. No intervalo do jogo, o dirigente agrediu verbalmente o meia Vina, do Ceará, e o árbitro Paulo Roberto Alves Junior.

Léo Ceará, atacante do Vitória/BA: punido com dois jogos de suspensão pela confusão promovida com o volante Charles aos 30 do 1º tempo.

Vico, atacante do Vitória/BA: fora somente por uma partida devido suspensão automática do cartão vermelho.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte