Ceni diz que trabalho no Fortaleza foi fundamental para título: "engrandecedor em todas as áreas"

Técnico campeão brasileiro lembrou com orgulho de sua passagem pelo Tricolor do Pici

Legenda: Ceni posa com Gabigol e a taça da Série A
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O título da Série A do Brasileirão conquistado pelo Flamengo nesta quinta-feira (25) é o mais importante da curta carreira de Rogério Ceni como técnico de futebol. Aos 48 anos, o ex-goleiro passou pelo São Paulo, Cruzeiro e pelo Fortaleza (2x) antes de comandar o Rubro-negro, mas seu período no Leão do Pici foi um dos principais fatores para sua formação como treinador.

"Todo treinador almeja ganhar jogos e campeonatos. A passagem pelo Fortaleza foi muito especial para mim. Não foi só um trabalho de treinador, foi engrandecedor em todas as áreas, um aprendizado no clube para aperfeiçoar o centro de treinamento. Desde construir academia, piscina, área de recuperação, área de alimentação. Tenho muito orgulho no trabalho feito e acho que credenciou para eu chegar ao Flamengo. Fico contente com a confiança que o clube depositou em mim e acreditar que um treinador jovem, com poucos menos de quatro anos de trabalho, poder conduzir a equipe com a maior torcida do país", declarou Ceni em entrevista durante a premiação do Bola de Prata, da ESPN.

O técnico chegou ao Fla em novembro de 2020 e, em 21 jogos, teve 11 vitórias, quatro empates e seis derrotas, sendo eliminado no mata-mata da Libertadores e da Copa do Brasil. 

Porém, com a vitória sobre o Internacional na penúltima rodada, assumiu a liderança da elite nacional. O empate do time gaúcho com o Corinthians nesta quinta-feira (25) confirmou o bicampeonato carioca e o 8º na história do clube.

No Fortaleza, contribuiu na ascensão do clube da Série A até a Copa Sul-Americana, participando das transformações nos centro de treinamentos e no estilo de jogo que levaram o Leão à sua melhor temporada na história em 2019. Pelo Tricolor cearense, levantou as taças da 2ª divisão nacional, da Copa do Nordeste e do Campeonato Cearense (2x) entre 2018 e 2020.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte