Ceará x Bolívar: escalações, horário e a expectativa no jogo decisivo pela Copa Sul-Americana

Em caso de vitória, Alvinegro depende apenas de si para conquistar classificação na última rodada

Mendoza e Vina comemoram gol do Ceará
Legenda: Mendoza e Vina serão titulares no setor ofensivo do Ceará
Foto: Fabiane de Paula/SVM

Uma verdadeira decisão, tida como final de campeonato. É assim que o Ceará encara o duelo contra o Bolívar, às 19h15 desta quinta-feira (20), na Arena Castelão, pela 5ª rodada da Copa Sul-Americana. E não poderia ser diferente. Afinal, a vitória mantém o Vovô na luta pela classificação às oitavas de final da competição. Por outro lado, derrota ou empate praticamente acabam com as possibilidades de avançar de fase. Tem muita coisa em jogo.

A própria situação de tabela dos dois times já indica o tamanho do caráter decisivo desta partida. Ambos estão com seis pontos, mas quem lidera é o Arsenal após ter vencido o Jorge Wilstermann. Se triunfar, o Alvinegro abre um ponto de diferença na liderança. Neste cenário, na última rodada, vai dependendo apenas de si contra o Jorge Wilstermann, já eliminado, em Cochabamba.

"É um jogo importantíssimo, uma vitória nos deixa muito próximo da classificação. A gente sabe que vai ser difícil, mas pode ter certeza que nós jogadores estamos lidando como uma final, sabemos que é um confronto direto e vamos buscar a vitória do começo até o final", destacou o meia Vina.

VEJA TAMBÉM

Força máxima

Jael com a bola dominada é observado por três defensores do Bolívar
Legenda: Jael foi titular contra o Bolívar na ida e será titular na volta. Apesar do pênalti perdido na altitude de La Paz, o camisa 9 teve boa atuação
Foto: Aizar Raldes/AFP

Por isso, o técnico Guto Ferreira poupou todos os titulares do duelo contra o Ferroviário, na última quarta-feira (19), pela semifinal do Campeonato Cearense. Alguns reservas até atuaram, como João Ricardo, Klaus, Jordan, Fernando Sobral, Marlon, Cléber e Saulo Mineiro. Eles devem aparecer no banco de reservas para o duelo internacional.

Mas o time titular é com a base que vinha disputando as principais partidas da temporada. A única dúvida é o atacante Felipe Vizeu, que está em transição e não deverá ser relacionado. Por outro lado, o centroavante Jael já está recuperado de desgaste muscular e deverá ser titular.

Guto Ferreira deve mandar a campo a escalação com Richard, Gabriel Dias, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Charles e Oliveira; Vina, Lima e Mendoza; Jael.

Time por time, o Ceará é tecnicamente superior ao Bolívar, e se conseguir impor o ritmo de jogo e a qualidade que possui, é favorito para deixar o Castelão com um bom resultado.

Olho no Bolívar

Jorginho, do Ceará, observa bola sendo marcado por jogador do Bolívar
Legenda: No jogo de ida, as equipes empataram em 0 a 0
Foto: Fausto Filho/Cearasc.com

Mas não se deve menosprezar o adversário. Assim como o Ceará, o Bolívar está invicto na competição. E também encara a partida como grande decisão.

A imprensa de La Paz destacou a importância do confronto para o Bolívar. “O objetivo é vencer ou vencer para se manter vivo na Copa Sul-Americana”.

Ao longo da história, o Bolívar disputou, em solo brasileiro, 13 partidas. Com apenas uma vitória, contra o Athletico-PR, por 2 a 1, em 2002, a equipe boliviana não vence em solo brasileiro há seis jogos. Mesmo assim, tentará surpreender o Vovô para seguir vivo com chances de classificação.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte