Ceará tem o maior número de equipes na Copa do Nordeste de Fut7

Modalidade tem se expandido no Estado, bem representado na competição regional que ocorre em Maceió. Atual campeão cearense, o Eusébio é um dos destaques locais e busca chegar ao título nordestino

Legenda: Equipe de Eusébio treina visando à Copa do Nordeste de Fut7 em Maceió. Equipe é atual campeã do torneio
Foto: Kid Júnior

A 2ª edição da Copa do Nordeste de Fut7 (futebol society) começa nesta sexta-feira (30), na Arena Ouro Preto, em Maceió, com 12 times brigando pelo título da modalidade em crescimento no Brasil desde sua oficialização em 1996.

O Ceará tem o maior número de representantes na competição: são quatro equipes (Eusébio, UZR, Murão e Maraponga) na disputa contra outras oito, divididas em quatro grupos com três times em cada. Além dos cearenses, há representantes do Maranhão, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Alagoas, lar do atual campeão nordestino, o CSA.

O jogo de Fut7 ocorre em dois tempos de 25 minutos cada em um campo de 30m de largura por 50m de comprimento. Serão apenas três rodadas na fase de grupos, com os participantes do Grupo A versus Grupo B e do C versus D. Os dois primeiros de cada grupo avançam às quartas de final. A decisão está marcada para segunda-feira (2).

Cearenses na briga

Atual campeão cearense, o Eusébio estreia diante do PKS, às 16h, para largar bem no Grupo C, com CSA e PSG Estudiantes. Jamyson Nunes, treinador do time da região metropolitana, confia na química do grupo para superar as dificuldades enfrentadas pela equipe. "O nosso principal desafio é a distância. A viagem de ônibus é de praticamente 24 horas. Nosso objetivo é o título, mas vamos com os pés no chão. A responsabilidade é maior por ser o Estado com maior número de representantes. A equipe já tem uma base formada desde 2019 e procurou peças para melhorar para a competição", afirma o técnico.

Daniel Filho, de 21 anos, é meia-atacante do Eusébio e acredita que a qualidade no meio de campo do time é o diferencial para avançar às quartas da Copa. "Estamos confiantes em cada jogador daqui e preparados para pegar qualquer equipe", conta o atleta.

As quatro equipes irão representar o Estado pelos bons resultados na edição do Campeonato Cearense de 2019, segundo o presidente da Federação Cearense de Fut7, Marcelo Vieira. Hoje, 64 times estão associados à Federação, mas o número deve subir no próximo ano pela disputa do Cearense de base e do campeonato feminino.

O foco atual é na regionalização da modalidade no Ceará para expandir ainda mais a já boa estrutura, de acordo com Marcelo. "Estaremos bem representados, o que nos dá visibilidade. Estamos com um projeto de desenvolvimento da modalidade. Em breve, viajo para Maceió para oficializar a candidatura de Fortaleza como sede da Copa do Nordeste de 2021. Temos grande estrutura e estamos com boas expectativas. O objetivo é, em 2021 ou 2022, regionalizar o Fut7. Já estou em conversa com o secretário de Esportes, Rogério Pinheiro, para que, em breve, a regionalização ocorra para elevar a prática da modalidade no Ceará", explica.

Ouça o podcast 'CearáCast'

Powered by RedCircle

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados