Ceará tem campanha superior à da Chape de 2017 que chegou à Libertadores pelo G-8

Nos anos em que as vagas na Libertadores foram G-8, a média do último classificado foi de 56 pontos, e um classificado em especial, a Chapecoense em 2017, tinha uma campanha abaixo da que o Ceará tem hoje após 30 rodadas

Legenda: O Ceará tem campanha superior a da Chape de 2017 que conseguiu vaga na Libertadores do ano seguinte pelo G-8
Foto: THIAGO GADELHA

A campanha do Ceará na Série A do Brasileiro o credencia a sonhar com uma vaga na Libertadores, restando 8 rodadas para o fim da edição de 2020. Em 11º com 39 pontos, o Vovô está há 7 do Fluminense, primeiro time que garantiria vaga em caso de G-8. A disputa entre equipes no topo da tabela na Copa do Brasil somada à definição da final brasileira na Libertadores fez o Brasileirão ganhar mais duas vagas para a próxima edição da competição continental — isto é, desde que Santos, Palmeiras e Grêmio, equipes envolvidas nas decisões, estejam no bloco dos oito primeiros.

Se isso acontecer, o Vovô tem em seu alcance uma classificação, por mais que uma derrota para o Bragantino no último domingo no Castelão deixe a torcida alvinegra com a confiança abalada. Isso porque, nos anos em que as vagas na Libertadores foram G-8, a média do último classificado foi de 56 pontos, e um classificado em especial, a Chapecoense em 2017, tinha uma campanha abaixo da que o Ceará tem hoje após 30 rodadas - 38 pontos - e ainda assim se classificou em 8º com 54 pontos. Ou seja, é possível o Ceará repetir o desempenho da Chape nas rodadas finais e alcançar uma vaga na Pré-Libertadores.

Média Histórica

Para alcançar a média histórica de pontos para uma vaga na Libertadores pelo G-8, o Alvinegro precisaria somar mais 17 pontos em 8 rodadas, ou 5 vitórias e 2 empates. Já para alcançar a pontuação da Chape de 2017, seriam necessários 15 pontos, ou 5 vitórias. Em 8 rodadas, ainda estão em disputa 24 pontos.

O Vovô é o 11º colocado com 39 pontos, a mesma colocação da Chapecoense ao fim da 30ª rodada em 2017: o time catarinense tinha 38 pontos, com 11 vitórias, 5 empates e 11 derrotas, estando 5 pontos do 8º colocado, o Vasco, que tinha 43.

Ouça o 'CearáCast': 

Powered by RedCircle

Chance

Hoje o Ceará tem à sua frente na classificação o Athletico-PR (10º com 39), Corinthians (9º com 42), Santos (8º com 45) e Fluminense (7º com 46). 

Lembrando que o Santos é o 8º com 45 e se ganhar a Libertadores não será um adversário do Vovô na luta pela vaga, e sim um aliado que precisa se manter na parte de cima da tabela e pode até tirar pontos de rivais diretos do Alvinegro, como os 3 citados. 

De acordo com Chance de Gol, que calcula probabilidades no futebol brasileiro, o Ceará tem 7,8% de chances de classificação para a Libertadores pelo G-8. 

Vagas do G8 para a Libertadores na Série A

Série A 2019

Classificado pelo G-8
Corinthians 56 pontos

Pontuação na 30º rodada
Corinthians 45 pontos (8º lugar)

Série A 2018

Classificado no G-8
Atlético Mineiro 59 pontos

Pontuação na 30º rodada
Atlético Mineiro 46 pontos (6º lugar)

Série A 2017

Classificado no G-8
Chapecoense 54 pontos

Pontuação na 30º rodada
Chapecoense 38 pontos (11º lugar)

Série A 2016

Classificado no G-8
Athletico Paranaense 57 pontos

30º rodada
Athletico Paranaense 45 pontos (8º lugar)

+

Média para vaga no G-8: 56 pontos
Maior Pontuação: Atlético Mineiro com 59 em 2018
Menor Pontuação: Chapecoense com 54 pontos em 2017

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte