Ceará sai na frente, mas cede virada e perde para o Santos fora de casa

Lima abriu para o Vovô aos 17 da primeira etapa. No segundo tempo, Eduardo Sacha, aos 10, e Gustavo Henrique, aos 38, marcaram para o Peixe

Legenda: Lima em ação contra o Santos, na Vila Belmiro.
Foto: Foto: Felipe Santos/cearasc.com

Em disputa de alvinegros na Vila Belmiro, o Ceará encarou o Santos, na noite desta quinta-feira (17), e foi derrotado de virada por 2 a 1, pela 26ª rodada da Série A do Brasileiro. Lima abriu o placar para o Vovô aos 17 da primeira etapa. No tempo final, Eduardo Sacha, aos 10, e Gustavo Henrique, aos 38, deram a vitória ao Peixe.

Com o resultado, o Ceará permanece em 16º com 26 pontos, mesma pontuação do CSA-AL, primeiro na zona de rebaixamento. Na próxima segunda-feira (21), o Ceará vai até Salvador encarar o Bahia, às 19h30, no estádio Pituaçu, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Primeiro tempo

Em um primeiro tempo bastante disputado, o Santos teve mais posse de bola e finalizações, mas foi o Ceará que deixou o gramado da Vila Belmiro com o resultado positivo no placar. Com uma perfeição defensiva e aproveitando o contra-ataque, principalmente pelas pontas com Lima e Thiago Galhardo, o Vovô abriu o placar aos 17 minutos com gol de Lima.

Após William Oliveira brigar pela bola no meio campo, Lima recebeu na esquerda e partiu para o ataque. O camisa 45 puxou para o pé direito e, com muita qualidade de fora da área, mandou no ângulo do goleiro Everson, ex-Ceará.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, as entradas dos laterais Jorge e Pará deram bastante movimentação ao Santos, que pôde explorar a velocidade da jovem revelação Tailson pelas pontas e dar liberdade para que Sánchez pudesse subir mais ao ataque. Com isso, não demorou muito para que os donos da casa deixassem tudo igual no marcador.

Em bola cruzada de Sánchez pela direita, Eduardo Sasha, marcado por Samuel Xavier, subiu para cabecear e balançar as redes a favor do Peixe aos 10 minutos do segundo tempo.

Pressionando, o Peixe fez o gol da virada aos 38. Em novo cruzamento de Carlos Sánchez, o zagueiro Gustavo Henrique apareceu nas costas de Samuel Xavier para mergulhar e mandar de cabeça para o fundo das redes.

Sentindo falta de um atacante de referência, o Vovô até criou chances de empatar. A melhor chance foi com Juninho Quixadá aos 46. Após Bergson arriscar de fora, Everson deu rebote nos pés do meia que mandou por cima do gol.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte