Ceará cresce em campo com novas duplas para Luiz Otávio e Vina

Com entrosamento rápido de Messias e Mendoza ao elenco, Ceará demonstra mais força e favorece o futebol de Luiz Otávio e Vina

Mendoza e Vina comemoram gol do Ceará
Legenda: Mendoza e Vina elevaram o nível criativo do Ceará
Foto: FABIANE DE PAULA

O Ceará realizou 11 contratações para 2021, fortalecendo o elenco, com mais opções para o técnico Guto Ferreira. Embora todos jogadores contratados já tenham mostrado qualidade para jogar no Vovô, dois deles estão se sobressaindo, com atuações muito destacadas: o zagueiro Messias e o atacante Mendoza. Eles viraram titulares rapidamente e formam duplas interessantes com dois pilares da equipe alvinegra: Luiz Otávio e Vina.

Com eles, o Vovô se tornou uma equipe mais forte que a de 2020, que já fez uma boa temporada com a conquista da Copa do Nordeste, a ida às quartas de final da Copa do Brasil e a 11ªcolocação na Série A, com direito a uma vaga na Copa Sul-Americana.

A entrada de Messias na zaga deu mais consistência defensiva, com a dupla com Luiz Otávio sendo uma das mais sólidas do Nordeste. Thiago Pagussat foi um zagueiro que também foi bem em sua passagem pelo Ceará, mas Messias encaixou rapidamente com Luiz Otávio. São 5 jogos, com apenas um gol sofrido, de pênalti, e com 5 vitórias (CSA, Sport, Salgueiro, Sampaio Corrêa e Jorge Wilstermann). 

"O Messias é grande zagueiro. Já tinha jogado contra ele. Ele chegou agora, vai nos ajudar e somar.  Estamos nos conhecendo e tudo é um processo. Estamos nos conhecendo e tudo é um processo.  Tem muita coisa pra melhorar juntos. Fico feliz que está casando muito bem. Espero que a gente possa continuar evoluindo para continuar obtendo resultados e sucesso dentro de campo", declarou Luiz Otávio, elogiando o novo companheiro de zaga.

Ouça o CearáCast

Powered by RedCircle

Mendoza

E no setor ofensivo, se em 2020, Vina não dividia o protagonismo do jogo e a criação de jogadas, hoje Mendoza já surge como o companheiro ideal, dividindo assistências, jogadas individuais e gols. Mendoza faz a função que era de Léo Chu, caindo pelas pontas. O atacante, que retornou ao Grêmio, foi muito útil ao Ceará, teve sua contribuição com a temporada do clube, mas é inegável que Mendoza deu outra característica ao Ceará.

"A gente está se entrosando a cada jogo. A gente já jogou junto no Bahia. Ele tem a adaptação de novo ao Brasil. Ele foi consagrado com gol, assistência. Sei do que ele pode render e nos ajudar. E, aos poucos, a gente vai entrosando. Para a gente se fortalecer cada vez mais", disse Vina. 

Em 7 jogos pelo Vovô, são 3 gols. Foram 6 pela Copa do Nordeste e dois gols, e uma pela Copa Sul-Americana: ontem contra o Jorge Wilstermann, da Bolívia, foi a melhor atuação do colombiano com a camisa do Ceará, com um gol marcado e um passe perfeito para Vina decretar a vitória de 3 a 1.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte