CBF encaminha ao Ministério da Saúde estudo sobre retorno do público aos estádios

Documento prevê ocupação das praças esportivas com até 30% da capacidade e sem torcedor visitante

Foto: arquivo / SVM

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) iniciou o processo para retorno do público nos estádios. A entidade encaminhou ao novo ministro da Saúde, o general Eduardo Pazuello, um estudo sobre a presença de torcedores nas competições nacionais da modalidade.

A informação foi apurada pelo ge. No documento, há planos para evitar a propagação do novo coronavírus e tem previsão estimada para outubro, mesmo prazo debatido por diretores de Ceará e Fortaleza para flexibilização em solo cearense.

O palco do jogo deveria ter até 30% da capacidade total. A torcida visitante não teria acesso, apenas a mandante.

Vale ressaltar que o Ministério da Saúde ainda não forneceu resposta. Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) é a favor da ideia de liberação.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte