CBF decide vetar presença de público nos estádios

Decisão será reavaliada daqui a 15 dias. Flamengo não comparece a reunião que decidiu pelo veto

Legenda: Estádios continuarão sem presença de torcida
Foto: Camila Lima

A CBF se reuniu novamente com os clubes da Série A do Campeonato Brasileiro, neste sábado (26), e decidiu vetar a presença de público nos estádios de futebol. Na última reunião, houve bate-boca entre o presidente da Confederação, Rogério Caboclo, e da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), Rubens Lopes, e nada ficou resolvido.

Com a decisão, o cenário permanece como está e deve ser novamente avaliado apenas daqui a 15 dias.

> Justiça suspende Palmeiras x Flamengo por causa de infectados do time carioca

A reunião contou com a presença de 19 clubes da Série A e as federações de futebol dos estados - menos a Ferj. O único time que não compareceu foi o Flamengo. A escolha de vetar a presença de público foi unanimidade entre os presentes.

O Flamengo se manifestou através de um comunicado e afirmou que não teve representante na reunião por opção. Segundo nota do clube, "por entender que o tema em pauta é estranho à competência dos clubes e da CBF, não havendo nada a sugerir, nem decidir, em matéria cuja atribuição é privativa das autoridades públicas locais, conforme, inclusive, já decidiu o Supremo Tribunal Federal".

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte