Cauan Gomes, sobrevivente de incêndio no CT do Flamengo, retorna ao Sub-17 do Fortaleza

Natural de Maracanaú, o atacante retorna às bases do Leão em momento que o clube disputa o Campeonato Brasileiro da categoria

Cauan gomes assinando contrato com o sub-17 do Fortaleza
Legenda: Cauan já autuou nos times Flamengo, Fortaleza, Estação e Santa Cruz e agora retorna para a categoria de base do Leão
Foto: Thais Pontes / Fortaleza EC

O time Sub-17 do Fortaleza ganhou, nesta quarta-feira (9), reforço no ataque com a volta de Cauan Gomes para o clube. O cearense, que sobreviveu ao incêndio no CT do Flamengo em 2019, ainda estava atuando pelo rubro-negro.

"Estou muito contente em voltar ao clube que me revelou. Espero chegar bem, fazendo o meu papel, procurar ajudar a equipe. Trazer muitos títulos para o Fortaleza e conquistar muitas outras coisas aqui. É um clube muito importante para mim, que sempre me abraçou. Então, estou muito feliz!", revelou Cauan após sua contratação.

 

Natural de Maracanaú, o atleta de 17 anos tem ainda passagem pelo Estação e pelo Santa Cruz, ambos times cearenses com base na Capital.  O adolescente, que foi descoberto no projeto de futsal tricolor Leõezinhos, irá reforçar o Fortaleza Sub-17, que atualmente disputa o Campeonato Brasileiro da categoria.

Cauan salvou amigos de incêndio

Em 2019, Cauan foi um dos três sobreviventes da tragédia do Ninho do Urubu, como é conhecido o CT do Flamengo na Zona Oeste do Rio de Janeiro. 

O menino, à época com 14 anos, quebrou uma janela de vidro para salvar outros dois companheiros de treino: Francisco Dyogo Bento Alves, também cearense, e Jhonatan Cruz Ventura, natural do Espírito Santo. 

O incêndio deixou 10 adolescentes com idades entre 14 e 17 anos mortos.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte