Campeonato Paulista: após reuniões, clubes decidem seguir sem treinos

Mesmo com aval para retorno da CBF, times decidiram aguardar uma posição do Governo do Estado

Legenda: Clubes acertaram de ter o mesmo prazo de trabalho em campo antes do retorno do Estadual
Foto: Foto: Cesar Greco / Palmeiras

O Campeonato Paulista segue sem data para ser retomado. Nesta segunda-feira (4), em reunião promovida pela FPF e que contou com a presença dos representantes dos clubes, ficou decidido que as atividades só vão ser retomadas quando houver o aval das autoridades de saúde estaduais e municipais.

O Paulistão foi paralisado na 10ª rodada da 1ª fase, em 16 de março, devido à pandemia do novo coronavírus. Restam duas jornadas para o encerramento da etapa classificatória às quartas. Mesmo com o aval da CBF para reiniciar os Estaduais no dia 17, a opção foi de seguir com o torneio paralisado.

"O futebol paulista, unido e consciente de seu papel perante à sociedade, afirma que apenas voltará às atividades quando as autoridades de saúde estadual e municipais permitirem, preservando a integridade de todos os envolvidos na organização das partidas", afirma trecho de comunicado oficial divulgado.

Mesma data

São Paulo está em isolamento social até o próximo domingo (10), por determinação do governador João Doria, que deve anunciar novas medidas. Até por isso, embora o período de 30 dias de férias dos clubes tenha chegado ao fim, nenhum time retomou as atividades nos centros de treinamento.

Na reunião desta segunda, ficou determinado que a volta aos CTs também só ocorrerá de modo conjunto entre as equipes. "Esta coesão e o compromisso com a saúde pública também se refletem no retorno aos treinos. Em comum acordo, todos os clubes decidiram voltar aos treinamentos em conjunto, na mesma data, que será acordada assim que houver a autorização por parte das autoridades de saúde", afirma o comunicado.

Anteriormente, federação e clubes haviam definido que o Paulistão será encerrado dentro de campo, sem alterações no regulamento de disputa, a não ser a liberação para inscrição de novos jogadores.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?