Campeonato Cearense coroa campanha dos clubes emergentes

Sempre centrado em Ceará e Fortaleza, Estadual também classifica Barbalha à Copa do Brasil, além de Guarany de Sobral e Floresta para a Série D de 2020, garantindo receita e calendários para as equipes na próxima temporada

O encerramento da 2ª fase do Campeonato Cearense rendeu bons frutos ao clubes ditos emergentes. Sempre centrado em Ceará e Fortaleza, o Estadual, desta vez, coroou as grandes campanhas de Barbalha, Floresta e Guarany de Sobral, todos com vagas asseguradas para competições nacionais em 2020, o que garante calendário e receita ao longo da próxima temporada.

A primeira surpresa surgiu logo na etapa de abertura do Estadual, quando o Barbalha, recém-ingresso na primeira divisão, ficou com a liderança e carimbou uma oportunidade de participar novamente da Copa do Brasil de 2020. A equipe passou sete jogos invictos (4 vitórias e 3 empates) e ainda revelou o atacante Bruno Paraíba, artilheiro do time com cinco gols.

Terminando na lanterna da 2ª fase, as conquistas da equipe podem ir além. Caso o Atlético/CE, representante cearense na Série D do Campeonato Brasileiro, conquiste o acesso, e o Ferroviário, que está na Série C, não seja rebaixado, o Barbalha também disputará a 4ª divisão no ano seguinte.

Força do Junco

Com elenco formado nas vésperas do Estadual, o Guarany de Sobral fez uma primeira fase modesta, mas deu o grande salto no octogonal final, quando se classificou às semifinais na última rodada, após empate com Atlético/CE no PV. A equipe enfrenta agora o Fortaleza, próxima quarta-feira (27), às 21h30, no Estádio do Junco. Primeiro clube cearense campeão nacional - Série D de 2010 -, o Cacique do Vale voltará a disputar a divisão no próximo ano.

Verdão consolidado

Conhecido pelo desempenho na base, o Floresta passou a disputar competições profissionais em 2015, conquistando um título por ano desde então. Com vaga assegurada na Série D, o clube repetiu o melhor desempenho da sua história, ao se classificar novamente às semifinais do Estadual.

Vale ressaltar que a vaga no mata-mata leva o time da Vila Manoel Sátiro para o torneio nacional em 2020, independentemente do resultado em 2019. Enfrentando o Ceará também na quarta-feira (27), no Estádio Domingão, às 21h30, o técnico Paulinho Kobayashi disse que o time tem objetivos maiores no Estadual.

"Procuramos fechar o grupo, principalmente quando se trata de jovens. Temos 80% do elenco sendo da base. Tentamos trabalhar com eles uma nova filosofia e fazendo com que maneira vamos jogar. Nesse segundo turno, continuamos no comando e isso nos favoreceu a desempenhar nosso trabalho e os atletas fizeram em campo com que pudéssemos chegar à semifinal".

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?


Tom Barros 23 de Setembro de 2020