Bruno Pacheco revela incômodo com falta de vitórias em Clássico-Rei: "sabemos a importância"

Lateral-esquerdo é o titular da posição na equipe de Guto Ferreira

Legenda: "Nós temos que entrar dentro de campo e corresponder", afirma Bruno Pacheco sobre duelo contra o Fortaleza pela Copa do Brasil
Foto: Felipe Santos / Ceará SC

O histórico Clássico-Rei que vale vaga na 4ª fase da Copa do Brasil acontece nesta quinta-feira (10). O duelo entre Ceará e Fortaleza será o quarto na temporada 2021. Ao todo, são três empates e uma vitória da equipe tricolor. Em entrevista coletiva nesta terça-feira (8) o lateral-esquerdo Bruno Pacheco assumiu que existe um incômodo por não terem vencido clássicos este ano, mas garantiu que o importante é conquistar a classificação.

“Eu digo que é sempre importante estarmos vencendo jogos, ainda mais clássico. Sabemos a importância do Clássico-Rei, importância para o clube, para a cidade, para o torcedor. É claro que quando as vitórias no clássico não vêm, nós ficamos bastante incomodados, sim, mas nós temos uma nova oportunidade. Foram três empates, se ganharmos a gente iguala. Não pensando em igualar os resultados que deixamos de ter, mas sim a classificação que será muito importante para a nossa equipe.”
Bruno Pacheco
Lateral do Ceará

Com jogos no meio e final de semana, o Ceará enfrenta uma verdadeira maratona desde o início da temporada 2021. Sem tempo para descansar e se recuperar do jogo anterior, a equipe segue superando os desafios de um calendário apertado.

“É importante ter esse período. Um dia ou dois dias a mais de recuperação. Mas, se queremos buscar algo a mais nas competições, teremos que passar por cima de tudo isso. O jogador vai para dentro de campo, muita das vezes, não estando 100%. Quando tem viagem, sempre há um desgaste maior. Porém, temos que superar tudo isso. Não adiantar eu vir aqui e ficar falando: “ah, tem dois dias...”, acho que isso é meio que desculpa. Sabemos que nosso calendário é apertado, nossas viagens são longas, mas nós temos que nos acostumar com isso, sempre foi assim e não irá mudar da noite pro dia.”

Questionado sobre o bom momento vivido pelo arquirrival Fortaleza - líder da Série A com seis pontos - e as chances de classificação do Ceará, o lateral-esquerdo Bruno Pacheco garantiu que 

"Eu me preocupo com a minha equipe, com o meu clube. O que está passando do outro lado, não me interessa. Se trata de um clássico, independente de resultados que eles (Fortaleza) estão tendo do outro lado, é clássico. Nós temos que entrar dentro de campo e corresponder, dar a resposta dentro de campo. É muito bonito discurso, ficar comparando uma equipe com a outra, mas nós vamos resolver as coisas dentro de campo. Se quisermos algo grande, é com trabalho, humildade e pés no chão."
Bruno Pacheco
Lateral do Ceará

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte