Bolívar x Ceará: o que está em jogo pela Sul-Americana e prováveis escalações

Com time reserva, Vozão visita o Bolívar pela Sul-Americana no jogo da liderança na temida altitude de La Paz

Legenda: O Vozão jogará com um time reserva hoje contra o Bolívar, mas terá jogadores importantes em campo, considerados bons reforços para a temporada
Foto: Fausto Filho / Ceará SC

O Ceará faz nesta quarta-feira (5) um jogo histórico contra o Bolívar, pela 3ª rodada da Copa Sul-Americana, às 19h15, no estádio Hernando Siles, em La Paz, Bolívia. Será a 1ª vez que um time cearense e nordestino jogará na temida altitude de La Paz: são 3.640 metros acima do nível do mar.

E para um jogo tão particular, o Ceará montou uma logística especial, tão necessária em partidas deste porte e implementadas por outros clubes brasileiros.

Foto aérea do Estádio Hernando SIles, em La Paz
Legenda: O lendário estádio Hernando Siles é o principal da Bolívia, sendo também a casa da seleção local
Foto: psyberartist

Além de disponibilizar cilindros de oxigênio para os atletas e delegação, incluir um médico a mais no staff, o clube se concentrou em Santa Cruz de La Sierra, cidade a 416 metros acima do nível do mar, chegando em La Paz horas antes do jogo.

A partida vale a liderança do Grupo C. O Alvinegro é o líder com 4 pontos e dois gols de saldo, enquanto o time boliviano tem os mesmos 4 pontos, mas um gol a menos de saldo.

Ouça o CearáCast

Powered by RedCircle

Claro que o contexto do jogo é desfavorável, não especificamente pelo Ceará, mas para os brasileiros em geral, que sofrem na altitude de La Paz contra times bolivianos: em 13 jogos na história, são apenas duas vitórias (Grêmio em 1983 e Palmeiras em 2020, ambas por 2 a 1), e 8 derrotas de equipe brasileiras. Além disso, o Bolívar está invicto no Hernando Siles em 2021 em 7 jogos, vencendo todos. Assim, uma vitória alvinegra seria uma façanha e tanto na Bolívia.

Portanto, o desafio alvinegro já seria difícil por sí só, por isso o clube traçou uma estratégia mais macro, pensando na temporada como um todo e não apenas neste jogo: poupou praticamente todos os titulares da viagem desgastante e dos 90 minutos que geralmente são desafiadores fisicamente.  

Poupados

Pelo planejamento, foram poupados Richard, Gabriel DIas, Messias, Luiz Otávio, Lima, Vina, Felipe Vizeu, Pedro Naressi, Saulo e Mendoza, todos com "minutagem" alta na temporada. Os titulares ficaram em Fortaleza com foco total no 2º jogo da final da Copa do Nordeste, no próximo sábado, às 16 horas, no Castelão, no qual o Alvinegro defenderá a vantagem no jogo de ida, vencido por 1 a 0 em Salvador, com grandes chances de sagrar-se tricampeão do Nordeste.

Assim, o Vovô evita um desgaste de seus titulares e uma complicação para a decisão de sábado, até pensando na sequência da Sul-Americana, que ainda terá 3 rodadas, incluindo um duelo com o Bolívar no Castelão no dia 20, que pode ser decisiva para a classificação alvinegra. Lembrando que apenas o líder da chave avança para a 2ª Fase.

"Nós precisamos seguir firmes e fortes nas nossas metas. Precisamos seguir firmes jogo a jogo. Independente de viagens, de dificuldades e da qualidade dos nossos adversários",  afirmou o treinador Guto Ferreira.

Assim, apenas Charles está relacionado para o jogo, pois foi expulso na ida contra o Bahia, em Salvador. Será a chance de Guto Ferreira dar rodagem ao elenco, e formar uma equipe "B" também forte.

O meia Jorginho, afirmou que a equipe está preparada para fazer um grande jogo  e que será uma experiência única jogar em La Paz.

“É uma experiência única de estar jogando na Bolívia, em La Paz. Estamos preparados para fazer um bom jogo. Sabemos das dificuldades que é jogar na altitude, mas se quisermos conseguir algo no campeonato, precisamos passar por essas circunstâncias. Nos preparamos durante a semana e agora é trazer um grande resultado”.

Primeiro nordestino a jogar em La Paz

Em pesquisa exclusiva, o Diário do Nordeste mostra que o Alvinegro será o primeiro time do Nordeste a encarar tal desafio de forma oficial, mesmo na sua segunda partida fora do País (a primeira será contra o Arsenal na Argentina, dia 27/04).

Ficha técnica

  • Competição: Copa Sul-Americana - 1ª Fase - 3ª rodada
  • Data/Horário: 5 de abril de 2021 - 19h15
  • Estádio: Hernando Siles - La Paz, na Bolívia
  • Árbitro:  Daniel Fedorczuk (URU)
  • Bolívar: Cordano; Guitián, Gutiérrez e Granell; Bejarano, Justiniano, Rodríguez e Fernández; Saavedra e García; Sadiku.  Técnico: Natxo González
  • Ceará:  João Ricardo, Buiú, Klaus, Jordan e Kelvyn; Charles, Marlon e Jorginho; Fernando Sobral, YonyGonzález e Jael. Técnico: Guto Ferreira

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte