Bastidores do Castelão: lockdown causou surpresa em jogo do Fortaleza; veja outras curiosidades

O Diário do Nordeste inicia novo produto que se soma às formas de apresentar os jogos de futebol, com um olhar diferenciado do repórter direto do estádio

O Fortaleza venceu o CRB na estreia da Copa do Nordeste de 2021
Legenda: O Fortaleza venceu o CRB na estreia da Copa do Nordeste de 2021 e, agora, o Sampaio Corrêa fora de casa
Foto: Kid Júnior/SVM

O suficiente. A vitória do Fortaleza contra o CRB, na abertura da temporada de 2021, foi comemorada demais pela responsabilidade do resultado. O término da Série A ainda ecoa no Pici, e o resultado de 1 a 0 surgiu com tom de renovação. O detalhe: no silêncio da Arena Castelão sem torcida, a imposição tricolor foi a voz.

E no silêncio, outro detalhe não deixou de ser percebido: o lockdown decretado pelo governador Camilo Santana foi tema de discussão em plena partida em andamento.

“E o futebol?”. “Viu isso do Governo?”. “Vamos jogar fora, não tem problema”. “Eu não sabia”. A dúvida tomou conta entre funcionários do clube e membros da diretoria tricolor.

No ar, entre funcionários e diretores, o clima de surpresa ficou evidente em meio ao jogo que se desenrolava para o seu final, nos últimos minutos de jogo.

O Diário do Nordeste inicia novo produto que se soma às formas de apresentar os jogos de futebol, com um olhar diferenciado do repórter direto do estádio

Jogadores com voz ativa

Voltando à partida, o elenco, desde o início da partida, buscou apoiar o time. O compromisso era de todos e mesmo os presentes no banco de reservas tinham o cuidado com o grupo principal. Diante do cenário, dessa vez, a cúpula leonina esteve mais contida.

Dos titulares escalados, Felipe Alves ditou o ritmo do começo ao fim. O goleiro distribuiu instruções para todos, principalmente para o volante Pablo. No primeiro tempo, inclusive, deixou a posição e foi ao meio-campo explicar como o companheiro deveria se posicionar.

O volante Pablo fez a estreia como titular do Fortaleza na vitória contra o CRB
Legenda: O volante Pablo fez a estreia como titular do Fortaleza na vitória contra o CRB
Foto: Kid Júnior / SVM

Já na etapa final, foi o jovem que o procurou. “O que eu faço?”. A resposta: “Você que decide, estou aqui para ajudar”.

O movimento coletivo se firmou também pela menor participação de Enderson Moreira. Faz parte do estilo, as análises são diferentes, mas o treinador esteve mais introspectivo ao longo do jogo.

O primeiro ponto alto foi no gol, aos 44. Em cobrança de escanteio, Bruno Melo cabeceou e garantiu o placar de 1 a 0. Recebeu o carinho dos demais jogadores e exaltou o dever na missão, recebendo elogios da cúpula tricolor presente.

Os minutos também serviram para perceber o entrosamento do meia Lucas Crispim. O meia recém-chegado trocou passes, reclamou da movimentação, pediu a bola e se colocou na partida. A atuação foi discreta, mas serviu pela dedicação.

Novo ritmo

O resultado parcial diminuiu a intensidade do Fortaleza. O time perdeu em participação coletiva, errou mais vezes e assistiu ao crescimento do adversário. O cenário trouxe mais cobranças e o próprio Marcelo Paz, presidente do clube, trouxe o alerta: “Bora jogar, bora entrar no jogo”.

A tensão se refletiu nas substituições. Com dois erros consecutivos no sistema ofensivo de Romarinho, Enderson chamou imediatamente Osvaldo como substituto. Depois veio Tiago Orobó, retornando de empréstimo da Ponte Preta. Nenhum correspondeu como planejado.

Na falta de produtividade, até a arbitragem virou alvo das críticas. O principal impasse, segundo Enderson, era a covardia ao não sinalizar faltas importantes. Do lado de fora, os pedidos da gestão eram por futebol: “Deixem de reunião de condomínio”. “Vamos jogar”. “Fica com a bola”.

Com forte jogo aéreo, o lateral Bruno Melo é uma das armas do Fortaleza
Legenda: Com forte jogo aéreo, o lateral Bruno Melo é uma das armas do Fortaleza
Foto: Kid Júnior / SVM

O grande lance foi a finalização de Bruno Melo no travessão, quase o segundo. 

A vitória chegou no apito final para sentimento de alívio de muitos pelo início com vitória. As questões, essas ainda sem respostas. No jogo do recomeço, o Fortaleza venceu.

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte