Arthur Cabral estuda jogar a Champions League por time francês; saiba quanto Ceará pode ganhar

Após o fim precoce da Ligue 1, o Rennes conseguiu a vaga nos playoffs da Champions League (similar à Pré-Libertadores) e pretende reforçar o elenco

Legenda: Arthur Cabral sempre interagem com os perfis ligados ao Ceará
Foto: Foto: Divulgação / FC Basel

A missão de Arthur Cabral quando saiu do Palmeiras para a Europa era clara: mostrar o talento que o fez despontar como uma das maiores revelações da história do Ceará e alavancar a carreira no velho continente. E logo na primeira temporada, a meta do atacante parece ter se cumprido. Arthur dificilmente volta para o Brasil e, provavelmente, nem precisará atingir a tal meta de gols definida em contrato para isso (que obrigaria Basel/SUI a adquirir o passe do atleta em definitivo). Além dos suíços, que desejam a permanência do jogador, o Rennes, da Ligue 1 (1ª divisão francesa) entrou na jogada com interesse.

Após o fim precoce da Ligue 1, o Rennes conseguiu a vaga nos playoffs da Champions League (similar à Pré-Libertadores) e pretende reforçar o elenco pra chegar à tão sonhada competição continental. Mas o Basel, atual equipe de Arthur, também luta por uma vaga direta. Está mais distante todavia. Precisa sair da 3ª posição para a liderança do campeonato nacional. Atualmente a diferença é de 7 pontos. Arthur comentou sobre o interesse à repórter Rafaela Brasileiro, no site esportenewsmundo.

É uma coisa tentadora (disputar) a Liga dos Campeões, é o campeonato anual mais importante do mundo. Então é tentador, mas nosso objetivo aqui no Basel é sim de jogar a Liga dos Campeões. O campeonato voltando aqui (na Suíça), nós vamos buscar nossa vaga para que isso não seja um diferencial para eu escolher meu futuro”, afirmou o atacante.

Arthur desconversou sobre interesse do Rennes, mas disse já ter visto algo em rede social. “Sobre o interesse do Rennes eu vi algumas coisas que me mandaram (nas redes sociais), mas não sei muita coisa”, garantiu. 

Vovô de olho nas movimentações

Em fase econômica delicada por conta da paralisação contra a Covid-19, o Ceará observa o interesse em Arthur com muita atenção. O Vovô detém 50% do passe do atleta, apesar de 35% ficarem de fato com o clube por conta de acordos feitos com empresários do atleta. Se as expectativas se confirmarem, com o Basel ou Rennes dispostos a desembolsarem R$ 23,3 milhões (quase 4 milhões de euros na cotação atual) pelo atleta, o Alvinegro deve ficar com pouco mais de R$ 8 milhões


Categorias Relacionadas