Árbitro de Fortaleza x Flamengo relata arremesso de garrafas, copo e chinelo em súmula

Trio de juízes foi protegido por escudos de policiais na saída de campo nesta quarta-feira (16)

Legenda: Paulo Roberto Alves Júnior (PR) foi o árbitro principal da partida
Foto: Foto: Thiago Gadelha / SVM

A vitória do Flamengo sobre o Fortaleza, nesta quarta-feira (16), foi encerrada com muitos protestos por parte da torcida tricolor na Arena Castelão. O árbitro Paulo Roberto Alves Júnior (PR) relatou em súmula que garrafas, copo plástico e um chinelo foram arremessados na equipe de arbitragem, mas escudos de agentes de segurança fizeram a segurança dos profissionais.

A ação, no entanto, pode gerar denúncia no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) que, caso julgado, deve acarretar punição ao clube. A defesa tricolor consiste em um boletim de ocorrência, indentificando o infrator, entregue no vestiário da arbitragem pelo secretário do conselho deliberativo Eduardo Salles.

A Arena Castelão será o palco do próximo jogo do Fortaleza, no sábado (19), contra o Grêmio. A partida é válida pela 27ª rodada da Série A do Brasileiro.

Nota na súmula

Informo que após o término da partida, quando a equipe de arbitragem se encaminhava para a zona mista, foram atirados em nossa direção, duas garrafas plástica, um copo plástico e um chinelo, não atingindo nenhum membro, devido a proteção policial com escudos. após o fato ocorrido, foi entregue no vestiário da arbitragem, pelo sr. luiz eduardo sales, secretário do conselho deliberativo,oab 32312ce, o boletim de ocorrência n°116-4132/2019, identificando o infrator. o documento segue em anexo.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte