Após empate, Marcelo Veiga assume culpa pelo resultado do Ferrão: "Responsabilidade é minha"

Técnico coral chegou ao time na 15ª rodada, no fim de julho. Três rodadas depois, não conseguiu tirar o Tubarão da má fase

Legenda: Veiga lamentou o resultado ruim mas enxerga esperanças para o Ferrão vindo da base
Foto: Foto: Xandy Rodrigues/Ferroviário

O Ferroviário deixou escapar a classificação para a fase final da Série C neste sábado (24) contra o Confiança. O empate em 2 a 2 jogou o Dragão, nas quartas de final da terceirona, enquanto o Tubarão da Barra parou na 5ª posição, com 25 pontos, um a menos que o Dragão Azulino. Foi o 7º jogo consecutivo sem vitória da equipe coral. Após a partida, o técnico Marcelo Veiga assumiu a responsabilidade pelo fracasso.

"Lamentamos muito. O Ferroviário fez o placar que o classificava, mas o perdeu em jogadas individuais. Procuramos dar motivação ao grupo. Infelizmente, deixamos escapar nesse jogo. O Ferroviário não fez má competição. O comandante sou eu e a responsabilidade é minha. Vi uma evolução na equipe", disse o ex-jogador, que chegou no comando coral no fim de julho.

Legenda: Ferrão jogou bem no fim do primeiro tempo, mas caiu muito na segunda etapa
Foto: Foto: Camila Lima

A Fares Lopes será o foco do Tubarão a partir de agora. No entanto, Veiga não acredita que o time continuará o mesmo até lá e aposta na juventude para mudar a realidade coral.

"A condição financeira do clube vai baixar. Não tem condição de manter o mesmo time para a Fares Lopes. Temos bons jovens na Barra. Se eu continuar no Ferroviário, vou buscar dar uma renovada, um ânimo diferente", falou o comandante. defendendo que o momento atual é para pensar no futuro do clube.