Apelidado como "exterminador de campeões", Ceará tenta mais um feito histórico na Copa do Brasil

Vice em 1994 e duas vezes semifinalista, Vovô eliminou grandes clubes como Palmeiras, Internacional, Flamengo e Atlético/MG

Legenda: Juninho marcou o gol do Ceará contra o Corinthians, no Castelão
Foto: Foto: Thiago Gadelha

As chances do Ceará avançar para a próxima fase da Copa do Brasil ficaram bem difíceis com a derrota sofrida para o Corinthians por 3 a 1, no jogo de ida, na Arena Castelão. O Alvinegro de Porangabuçu vai precisar vencer a equipe paulista por três gols de diferença, nesta quarta-feira (3), em Itaquera, para se classificar, ou pelo menos igualar o placar para forçar uma decisão por pênaltis. 

Só que, em se tratando de Copa do Brasil, não se pode duvidar do Alvinegro de Porangabuçu. Em 1994, com um elenco mesclado, formado por jogadores da casa e outros com experiência a nível nacional, o Ceará surpreendeu a todos e fez sua melhor participação em uma edição do torneio nacional, ao eliminar grandes equipes como o Palmeiras, do atacante Evair e do lateral Roberto Carlos, e o Internacional, de Paulinho McLaren.

Após superar grandes favoritos ao título, o Alvinegro de Porangabuçu ganhou a fama de "exterminador de campeões", chegando à final contra o Grêmio sem ter sofrido um gol sequer, em casa, dentro da competição. A equipe gaúcha venceu o jogo da volta (1 a 0) e se sagrou campeã de forma contestada, já que o árbitro Oscar Roberto de Godói deixou de marcar um pênalti claro a favor da equipe cearense, em cima no atacante Sérgio Alves.

Jogos marcantes

De lá pra cá, o Ceará ainda fez outras duas campanhas memoráveis na mesma competição. Em 2005, o Vovô chegou à semifinal do torneio, desbancando o Flamengo, nas oitavas, e o Atlético-MG, nas quartas. Só que após ter conquistado um grande resultado (2 a 2) no jogo de ida, contra o Fluminense, já que marcou dois gols na casa do adversário, o Alvinegro deixou escapar a chance de disputar mais uma final ao ser goleado no Castelão (4 a 1) pela equipe carioca.

Já em 2011, o Vovô passou novamente pelo Flamengo, que tinha o craque Ronaldinho Gaúcho, nas quartas de final. Porém, teve outra vez o sonho de disputar o título interrompido, ao ser superado pelo Coritiba na semifinal.

Nesta quarta-feira (3), às 21h30, na Arena Corinthians, o Alvinegro de Porangabuçu tentará, mais uma vez, surpreender a todos e somar outro feito histórico dentro da competição.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte