Análise: Empate deixa Ferroviário sem vantagem nas semifinais

Com o 0 a 0 diante do Caucaia, Ferrão termina na 3ª colocação da 2ª fase

O Ferroviário entrou em campo como favorito diante do Caucaia e, jogando em casa, no Estádio Elzir Cabral, tinha mais chances de conseguir uma vitória e garantir vaga na semifinal do Campeonato Cearense como vice-líder. Uma vitória simples era o suficiente. No entanto, o Ferrão não conseguiu boa articulação nas jogadas, fruto do desentrosamento da equipe titular, e acabou ficando em um empate sem gols com a Raposa Metropolitana.

Com o placar de 0 a 0, o Tubarão da Barra deixou escapar uma posição melhor e, consequentemente, a vantagem do empate em uma possível prorrogação no jogo semifinal. Logo que a partida acabou, a única chance de aspirar melhor colocação seria uma goleada sofrida pelo Ceará contra o Fortaleza, por sete gols de diferença - o que não ocorreu.

Ferrão pouco criativo

Nos primeiros minutos de jogo, o Tubarão da Barra sentiu o peso da responsabilidade de ganhar e se mostrou nervoso em campo. Aliado a isso, o ritmo de jogo não estava bom.

Por outro lado, o Caucaia, que tinha melhor toque de bola, criou melhores jogadas de ataque. Muito embora, errasse muito nas finalizações. Um aspecto importante de ser destacado foi o alto índice de faltas ao longo dos 90 minutos, que rendeu cartões amarelos para os dois lados. A qualidade do gramado e, novamente, a falta de ritmo foram os responsáveis.

O técnico Marcelo Vilar mexeu bem no segundo tempo, buscando deixar o Ferroviário mais agressivo no setor ofensivo. No entanto, após finalizações mal feitas, o ritmo voltou a cair. O Caucaia, como atuava pela segunda vez após a retomada, logo conseguia equilibrar a partida.

No fim, o torcedor coral viu o seu time estacionar na 3ª posição. Enquanto que os fãs da Raposa também não viram uma boa tarde do seu time.