Análise: Defesa tricolor busca saída nas contratações de Jackson e Adalberto

Os defensores chegam como alternativas para setor deficiente no Fortaleza e serão peças determinantes para Zé Ricardo na sequência do Brasileirão

Legenda: Defensor chega para brigar pela titularidade no elenco tricolor
Foto: Foto: Felipe Oliveira/Bahia

O setor defensivo do Fortaleza caminha em busca de segurança após as mudanças dos últimos dias no clube. A lesão de Roger Carvalho e o cartão vermelho de Bruno Melo geraram dúvidas na zaga, que se viu desprotegida, até o anúncio de alguns reforços. A chegada de Jackson, ex-Bahia, dá uma nova perspectiva ao setor.

Anunciado nesta quarta-feira (21), o jogador deve treinar com o time hoje, quando chega à capital cearense. Conhecido por atuações no Bahia e Palmeiras, o zagueiro se destaca pela velocidade e bola aérea, tanto defensiva quanto ofensiva. Destro e com 1,86m, pode atuar como lateral direito ou mais adiantado na defesa.

Velho conhecido

Outra novidadade no setor, Adalberto se juntou ao elenco tricolor e espera regularização no BID da CBF, que deve ser anunciada até amanhã, para que esteja à disposição para estrear contra o Santos no domingo (25).

Adalberto é velho conhecido da torcida tricolor. O jogador tem um bom retrospecto no Fortaleza. Já esteve no clube em 2013, 2014 e 2015, sendo campeão cearense neste último, e conquistou a Série B em 2017. Contudo, com a chegada de Jackson, Adalberto deve ser apenas alternativa para Zé Ricardo.

Utilizado no último duelo contra o Internacional, Derley foi a opção escolhida pelo comandante tricolor para atuar no lugar deixado por Roger. Improvisado, o "cão de guarda" do Leão do Pici deu conta do recado. Porém, a escolha para o duelo contra o Santos deve ser outra.

Formação mantida

Zé Ricardo deve manter o esquema 4-3-3. Nathan assume o lugar de Roger Carvalho e Carlinhos substitui Bruno Melo. Opções mais seguras, Nathan e Carlinhos possuem melhor entrosamento com o grupo e vêm treinando nas respectivas posições.

Os recém-chegados são determinantes na solidifação da defesa tricolor e precisarão mostrar serviço, mas só deverão fazê-lo na próxima rodada contra o Goiás, dia 1/9.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte