Análise: Ceará iniciará Série A com um modelo de jogo pronto

Oito jogos depois de assumir, Guto Ferreira já achou uma formação sólida, conquistou a Copa do Nordeste e chega para a Série A em alta, com um time confiante e ciente do que tem que fazer em campo

Legenda: O técnico Guto Ferreira tem um trabalho promissor no Ceará após título e formação encaixada
Foto: FELIPE SANTOS/CEARASC.COM

O maior desafio do técnico Guto Ferreira ao chegar no Ceará era dar um padrão de jogo com tantos partidas decisivas e fases agudas das competições, como Campeonato Cearense e Copa do Nordeste, tendo assim, poucos jogos para ajustar o time para a Série A do Campeonato Brasileiro.

E a boa notícia é que, oito jogos depois de assumir, ele já achou uma formação sólida, conquistou a Copa do Nordeste e chega para a Série A em alta, com um time confiante e ciente do que tem que fazer em campo.

Claro que o nível dos adversários aumentará, ao enfrentar Flamengo, Grêmio, Palmeiras, entre outros times de mais alto nível no País, mas o desempenho de sua equipe nos últimos jogos, principalmente nas vitórias contra Fortaleza e Bahia, também times de Série A, um Ceará competitivo deve ser visto na elite.

Alguns ajustes precisam ser feitos, como ser mais eficiente no ataque, sem desperdiçar chances demais, mas o sistema defensivo, com a segurança de Fernando Prass, a solidez dos zagueiros Klaus e Luiz Otávio, o crescimentos dos laterais Samuel Xavier e Bruno Pacheco, a força de marcação dos volantes, Vina em grande fase na armação, tornam o time forte o suficiente para encarar uma Série A.

Achar um centroavante como Cléber e novas situações de jogo com ele em campo também é uma grande valia, como a adição de Fernando Sobral no meio-campo, duas das mudanças táticas mais significativas com Guto.

No mais, ter como opções Rafael Sóbis, William Oliveira, Tiago Pagnussat, Ricardinho e Matheus Gonçalves também mostra a força do elenco, que deve sim, ser reforçado ao longo da campanha. Mas, para início, o elenco se mostra o mais forte do Vovô em três anos seguidos de Série A.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?


Avatar
Tom Barros 23 de Setembro de 2020