Adilson exalta atuação do Ceará contra o Inter: “Importante era vencer”

Técnico admitiu que alguns jogadores do Vovô terminaram o jogo no sacrifício

Legenda: Galhardo chegou ao 10º gol pelo Ceará no Brasileirão e se emocionou em campo
Foto: Thiago Gadelha

Adilson Batista prometeu não poupar ninguém antes do Clássico-Rei e assim fez contra o Internacional nesta quinta-feira (7). O resultado da estratégia foi uma vitória consistente na Arena Castelão. O comandante vibrou com o resultado, que distancia o clube da zona de rebaixamento.

“Tivemos dificuldades no início. Depois melhoramos, fomos felizes com o gol, tivemos inteligência para sofrer um pouquinho e inúmeras situações de contra-ataque. O importante era vencer o jogo mesmo sofrendo um pouquinho. No 2º tempo alguns (atletas) se sacrificaram”, explicou.

O triunfo deixa o Vovô em 13º, com 36 pontos - já na zona da Sul-Americana e três de distância para o Z-4. Em campo, o comandante teve dois atletas suspensos para o jogo com o Fortaleza e viu Thiago Galhardo, Luiz Otávio e Willian Oliveira pediram substituições por desgaste físico.

“Tenho que aguardar eles chegarem amanhã. Tem que ter o descanso e esperar avaliação. É no sábado ou no domingo que a gente vai definir, como foi lá contra o Palmeiras”, analisou.

O Clássico-Rei é domingo (10), às 19 horas, na Arena Castelão, pela 32ª rodada. Empatados em pontuação, o Vovô tem a vantagem do saldo de gols: 1 contra -6.

Confira outro ponto da entrevista

Atuação
“Tem um peso maior por ser um adversário que está brigando pela Libertadores. O Ceará se impôs, soube marcar, soube neutralizar. Tenho que enaltecer o comportamento deles. A vitória era muito importante para chegar com respeito no Clássico-Rei”.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?