"Acho que poderíamos sim voltar os jogos com portões fechados", diz Ricardinho sobre o Cearense

Volante do Ceará justifica a retomada pelo rigoroso protocolo sanitária que os clubes do Estadual estão seguindo

Legenda: "Voltamos a treinar já fazem quatro semanas, o pensamento é de voltarem os jogos, depois um percentual de público", comentou Ricardinho
Foto: Déo Luis

Há exatos 30 dias desde o retorno dos treinamentos em campo, os times cearenses ainda aguardam a data de liberação para a volta das competições oficiais. Para o volante do Vovô, Ricardinho, os jogos já poderiam reiniciar devido aos protocolos de segurança sanitária seguidos pelos clubes.

"Se todas as equipes estão tendo os cuidados, buscando os protocolos e voltando os treinamentos, acho que poderíamos sim voltar os jogos com portões fechados, claro. É muito recente, precisa ir evoluindo nesse sentido, voltamos a treinar já fazem quatro semanas, o pensamento é de voltarem os jogos, depois um percentual de público. É a gente ir evoluindo conforme as coisas vão se mostrando para o segmento da saúde", afirmou o atleta em coletiva online do Ceará nesta terça-feira (30).

Na última semana, o time alvinegro passou a trabalhar aspectos táticos nos treinamentos sob o comando do novo treinador, Guto Ferreira. Ricardinho observa similaridades dele com o antigo técnico Enderson Moreira durante a elaboração das atividades.

"Ele tem muitas situações e pensamentos como o do Enderson. O professor Guto vem bem aberto conversando com a gente, colocando algumas situações para que facilite ainda mais para o time, criação de jogadas. Ele vem colocando a maneira que o time possa se comportar, está tendo tempo para colocar vários detalhes que só vai realmente colocar em prática quando tiverem os jogos", comenta o experiente volante.


Assuntos Relacionados