Azeite produzido em São Paulo fica entre os 10 melhores do mundo em prêmio espanhol

Azeitonas de quatro tipos dão ao produto toque de amêndoas e frutas tropicais

Escrito por Redação,

Culinária
melhor azeite do brasil
Legenda: Azeitonas são cultivadas artesanalmente no Interior de São Paulo
Foto: Divulgação/Azeite Sabiá

O azeite Sabiá Blend Especial, produzido em Santo Antônio do Pinhal, no Interior de São Paulo, foi considerado um dos 10 do mundo pelo concurso espanhol Evooleum Awards na última quarta-feira (27). 

Único produto brasileiro a figurar na lista, o azeite é feito com azeitonas de quatro variedades diferentes (arbequina, koroneiki, arbosana e coratina). A mistura harmoniza bem com massas, sopas de legumes, frutos do mar e peixes, como salmão e bacalhau, e carnes.

"É um azeite de alta complexidade, com intensidade que lembra a koroneiki e a coratina, reunindo um buquê de aromas com toques de amêndoas, folha de tomate, alcachofra, ervas aromáticas, frutas tropicais e um toque final mais herbáceo, que lembra grama verde cortada", ressalta a empresa. 

Com produção artesanal, o azeite de 250 ml é vendido por R$ 79 na internet ou em supermercados e empórios especializados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio Grande do Sul. 

Reconhecimento

O Evooleum é organizado há 20 anos pela editora Mercacei e pela Associação Espanhola de Municípios Olivais (AEMO). Essa foi a primeira vez que um azeite brasileiro aparece no top 10 entre os 100 melhores do mundo.

O Sabiá é acompanhado de quatro azeites italianos (Accademia Olearia Bio DOP, Accademia Olearia DOP Fruttato Verde, Gran Riserva e Assolo) e  quatro espanhóis (1948 Oleum, 5 Elementos, Almaolivia e Almazara de Alcaraz) e um croata na lista. 

A marca brasileira já havia sido premiada em dois concursos italianos como o Melhor Azeite Médio Frutado do Mundo, pelo Lodo Guide, e como o Melhor Azeite do Hemisfério Sul, no Leone D'Oro. 

Assuntos Relacionados