Sinead O'Connor é internada dias após tragédia com filho

Jovem cuidava de quadro de depressão

Escrito por Redação,

Zoeira
Sinead O´Connor cantando com um violão
Legenda: Cantora usou Twitter para falar sobre situação
Foto: Reprodução/YouTube

A cantora irlandesa Sinead O'Connor anunciou nas redes sociais, na última quinta-feira (13), que precisou ser hospitalizada após o filho Shane O'Connor tirar a vida no início do mês. No Twitter, a cantora desabafou e disse que está "seguindo seu filho" e que "não merece viver" sem o herdeiro.

"Resolvi seguir meu filho. Não adianta viver sem ele. Tudo que eu toco, eu estrago. Eu só fiquei para ele. E agora ele se foi. Eu destruí minha família. Meus filhos não querem me conhecer. Eu sou uma pessoa de merda. E todos vocês só pensam que sou legal porque posso cantar. Eu não sou", escreveu a cantorana rede social.

Sinéad Marie Bernadette O'Connor é uma cantora e compositora irlandesa. Em 2017, O'Connor mudou de nome para Magda Davitt. No ano seguinte, converteu-se ao islamismo, mudando uma vez mais de nome, desta vez para Shuhada' Sadaqat. Ela estreou-se na música em 1987, com o álbum "The Lion and the Cobra"

Ainda em postagens, ela escreveu outra mensagem para os seguidores se arrependendo do que havia dito, anunciando a ida ao hospital. "Eu sinto muito. Eu não deveria ter dito isso. Estou com a polícia agora a caminho do hospital. Lamento ter chateado a todos. Estou perdida sem meu filho e me odeio. O hospital vai ajudar um pouco. Mas eu vou encontrar Shane. Isso é apenas um atraso", disse.

Postagem da cantora em rede social
Legenda: Postagem da cantora em rede social
Foto: Reprodução/Twitter

Saúde mental

A cantora irlandesa disse ainda rede social que o Estado irlandês, a agência infantil e familiar Tusla e o centro de saúde mental para adolescentes e crianças falharam com ela e o filho. 

A cantora afirma que, há um mês, o filho tinha sido levado para o CAMHS [Serviços de Saúde Mental para Crianças e Adolescentes da Irlanda] após sumir deixando uma carta.

Segundo o jornal Daily Mail, o jovem estava desaparecido desde o início da semana e foi visto pela última vez na sexta (7).