Gil do Vigor é citado em sessão da CPI da Covid no Senado Federal: 'Brasil tá lascado'

Frase foi mencionada pelo senador pernambucano Humberto Costa (PT)

Escrito por Redação,

Zoeira
Montagem com fotos de Gil do Vigor e senador Humberto Costa
Legenda: Ex-BBB é natural do mesmo estado que o senador
Foto: reprodução/Instagram; Pedro França/Agência Senado

O senador Humberto Costa (PT-PE) citou o ex-BBB Gil do Vigor durante sessão da CPI da Covid-19 nesta terça-feira (3), no Senado Federal. O parlamentar fez a alusão ao participante do reality show em inquirição ao reverendo Amilton Gomes de Paula, que depõe à Comissão na sessão.

"Meu Deus do céu. Não, realmente o Brasil tá muito mal. Como diz aquele rapaz do Big Brother: 'tá lascado'. Com um governo desse, tá lascado", diz o senador.

Na sequência, Omar Aziz (PSD-AM), presidente da CPI, aquiesce ao comentário. "E ele é de Pernambuco", ressalta. "É o Gil do Vigor".

Depoimento de reverendo à CPI

O comentário se deu em meio ao depoimento do reverendo, presidente da ONG Secretaria Nacional de Assuntos Humanitários (Senah). Ele é apontado por representantes da Davati Medical Supply como um "intermediador" entre o Governo Federal e empresas que ofertavam imunizantes contra o coronavírus.

Ao longo da sessão, o depoente confirmou ter feito proposta de 400 milhões de doses da AstraZeneca, a qual teria sido dada em reunião datada de 12 de março. Segundo ele, estavam presentes no encontro Elcio Franco, Luiz Paulo Dominguetti, Cristiano Carvalho, Coronel Pires, Elcio Bruno — do Instituto Força Brasil — e assessores, somando cerca de dez pessoas.

No entanto, ainda no começo da sessão, Amilton Gomes afirmou não atuar na negociação de vacinas, mas, sim, indicando alguém que teria os imunizantes.

Questionado sobre entidades e governos aos quais a vacina foi ofertada, o reverendo afirmou não ter conversado com prefeitos e governadores, tendo disponibilizado-a, primeiramente, ao Ministério da Saúde.