MC Irak faz homem de escudo humano e os dois são mortos a tiros

Ewerton Matheus da Silva, o MC Irak, morreu no local. Cristiano da Silva foi socorrido, mas não resistiu

Ewerton Matheus da Silva e Cristiano da Silva
Legenda: O MC e Cristiano da Silva foram mortos a tiros no Grande Recife
Foto: Reprodução/Instagram

A Polícia Civil de Pernambuco investiga o assassinato a tiros de dois homens no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife. Um deles era conhecido como MC Irak e, segundo testemunhas, fez a outra vítima de "escudo humano" durante o ataque. As informações são do G1.

O crime aconteceu na Cidade Garapu, na tarde do domingo (2), mas só foi confirmado pela Polícia Civil nesta segunda-feira (3).

Ewerton Matheus da Silva, o MC Irak, tinha 19 anos, e Cristiano da Silva, segundo a polícia, 30 anos. As vítimas estavam no Condomínio Novo Tempo IV quando ocorreu o crime.

Vítima foi socorrida, mas não resistiu

"Segundo informes da população, Ewerton utilizou Cristiano como escudo humano para evitar sua execução, levando ambos à morte", afirmou o relatório preliminar do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

Cristiano foi socorrido e levado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Cohab, mas não resistiu. Já Ewerton morreu no local. Ainda não se sabe se as vítimas foram baleadas durante um assalto ou se foram executadas. 

Quero receber conteúdos exclusivos do É Hit

Assuntos Relacionados