Fies: convocação da lista de espera termina hoje (17)

Aprovados têm que seguir alguns procedimentos para garantir benefício

Legenda: Convocação de pré-selecionados da lista de espera do Fies 2021.2 termina hoje (17)
Foto: Shutterstock

Encerra nessa sexta-feira (17) o prazo para convocação de estudantes da lista de espera do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2021. O candidato pré-selecionado com nome na lista deve acessar o site do Fies ou da instituição de ensino para qual se candidatou, para conferir se foi contemplado com o benefício estudantil.

A classificação do Fies ocorre com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de qualquer edição a partir de 2010. Contudo, quem não for selecionado pode ingressar no ensino superior privado com bolsa de estudo por meio de programas de iniciativa privada, como o Educa Mais Brasil, que concede até 70% de desconto em instituições de todo o país.

Quem conseguir ser aprovado para utilizar o financiamento terá que complementar a inscrição no site do Fies, comparecer na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição que foi aprovado para emissão do Documento de Regularidade de Inscrição (DRI) e finalizar o processo de contratação com o banco.

O estudante convocado tem até três dias úteis, a contar a partir da data de divulgação de sua pré-seleção, para complementar sua inscrição para contratação do financiamento. Esse procedimento é feito, exclusivamente, na página do Fies, na aba “Complementar minha inscrição”.

Após complementar a inscrição na página do Fies, o pré-selecionado terá até cinco dias, a contar do dia seguinte à data da complementação da inscrição, para apresentar na instituição para a qual foi pré-selecionado a documentação para validação.

Feito isso, o estudante terá 10 dias, contados a partir do terceiro dia útil imediatamente subsequente ao da emissão do DRI, para entregar a documentação exigida para fins de contratação. A validação dessas informações é feita no âmbito da agência da Caixa Econômica, indicada pelo estudante no ato da complementação da inscrição do Fies.

O prazo para a convocação terminaria em 31 de agosto, mas um dia antes do fim foi prorrogado pelo Ministério da Educação (MEC). “Com isso os candidatos ganham mais chances para financiar os estudos e as instituições de ensino de aumentar a possibilidade de ocupar as vagas ofertadas”, disse o MEC em nota.

Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa do Ministério da Educação (MEC), que concede financiamento a estudantes em cursos superiores de instituições privadas. Esse modelo de financiamento estudantil é dividido em diferentes modalidades, possibilitando juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.

Para participar do processo seletivo é preciso ter a nota do Enem a partir da edição de 2010 e obtido média nas provas igual ou superior a 450 pontos, sem ter zerado a redação.

O programa leva em consideração a renda familiar. Para participar desse processo o candidato precisa possuir renda familiar mensal bruta, por pessoa, igual a superior a um salário-mínimo ou até 3 salários-mínimos.

O bolsista parcial do Prouni poderá participar do processo seletivo do Fies e financiar a parte da mensalidade não coberta pela bolsa, desde que se enquadre nas condições previstas no edital. Assim como o Prouni, o Fies é realizado em chamadas no primeiro e segundo semestre e também possui lista de espera.

Quero receber conteúdos exclusivos do EducaLab

Assuntos Relacionados