Ambulante troca venda de água por máscaras e álcool em gel para estudantes do Enem 2020

Há 22 anos trabalhando anualmente como vendedor nas edições do Enem, no Colégio Liceu do Ceará, Maurilio Silva precisou mudar os produtos de venda e adotar protocolos sanitários

Legenda: O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontece a partir deste domingo (17), terá como locais de prova 715 escolas de 115 municípios do Ceará
Foto: Natali Carvalho

Acostumado a vender água, chocolate e caneta desde a primeira edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ocorrido em 1998, o ambulante Maurilo Silva Lima, 57 anos, decidiu trocar a venda de água, chocolate e caneta por kit de proteção da Covid-19, com álcool em gel e máscaras. Na frente do Colégio Estadual Liceu do Ceará, aguarda a chegada dos estudantes para a realização do primeiro dia de prova neste domingo (17). 

> Acompanhe todas as notícias sobre o Enem 2020

Conforme explica, ele e a esposa trabalham com as vendas. "Sempre estou aqui nos eventos". Por conta da movimentação de professores e estudantes para o adiamento do Enem 2020, estava acompanhando as notícias e se preparando para o caso de não ocorrer o exame. Sem o cancelamento, veio cedo para o local de prova, tendo apenas o receio pelos risco de contaminação do coronavírus.

"Tivemos muito receio e temos que ter precaução, temos que manter distância das pessoas", explica. 

Horários

Os portões dos locais de prova do Enem 2020 abrem às 11h30min e fecham às 13 horas. Com previsão de início às 13h30min e término às 19 horas, a prova deste domingo exige dos inscritos conhecimentos em Ciências Humanas, Linguagens e Códigos, e Redação.

Ao todo, o Ceará contabiliza 322.581 candidatos confirmados na edição, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), organizador da prova. O perfil predominante de candidatos ao Ensino Superior no Estado é de mulheres (55,8%), pessoas pardas (65,8%), com o Ensino Médio concluído (51,5%) e na faixa etária entre 16 e 20 anos (57%).  

Prevenção

Durante a realização da prova, seja no local de entrada ou na sala de aula, os candidatos ao Enem devem, obrigatoriamente, usar máscara, com o item de proteção cobrindo o nariz e a boca. Só será possível retirar a máscara no momento de identificação dos participantes e para comer e beber. 

É importante lembrar ainda de, na retirada, não tocar na parte frontal da máscara e, depois, higienizar as mãos com álcool em gel próprio ou fornecido pelo fiscal que aplica a prova.

Quem estiver com covid-19 ou sintomas da doença, bem como de outras infectocontagiosas, não devem prestar o exame agora. A situação deve ser informada ao Inep. A reaplicação do exame nos casos que se enquadrarem nesse perfil será nos dias 23 e 24 de fevereiro.

Quero receber conteúdos exclusivos do EducaLab