Padre Fábio de Melo realiza último show em Fortaleza neste sábado (16), antes de pausa dos palcos

Em entrevista ao Verso, sacerdote conta como nasceu a turnê “O Amor me elegeu” e anuncia continuação do trabalho musical; na ocasião do show, FM 93 celebra 43 anos de atuação junto ao público cearense

img1
Padre Fábio de Melo afirma nunca se limitar a um discurso de sacristia, justificando o contato com a arte

Padre Fábio de Melo lembra bem. Há dois anos, quando subiu ao altar para celebrar a santa missa do Hosana Brasil – evento da Comunidade Canção Nova, realizado em Cachoeira Paulista (SP) – sentiu uma emoção diferente. “Por ter tido um ano muito difícil, sofrido, e por saber que, mesmo assim, aquele era um momento de agradecimento, de elevar os braços para o céu”, justifica. 

Ali, no coração do sacerdote, pulsou vontade de fazer um trabalho capaz de falar do amor de Deus na vida dele, aproximando experiências pessoais a outras, compartilhadas por todos. O projeto, batizado como “O Amor me elegeu”, já nasceria, assim, como sinônimo simultâneo de escuta e eco das dores do povo, semente para materializá-lo em disco e turnê.

Ouça as faixas do CD abaixo:

Às vésperas de completar dois anos na estrada, em 2020, a apresentação chega a Fortaleza neste sábado (16), anunciada como a última na cidade integrando a carreira musical de Padre Fábio.

O evento acontecerá às 19h, no Centro de Formação Olímpica do Nordeste - CFO, no rastro das comemorações dos 43 anos da FM 93, que festejará o aniversário numa noite de muita fé e doação.

O sacerdote jesuíta e fundador do Movimento Amare, realizador do espetáculo, Padre Eugênio Pacelli, participará do momento, além de outros artistas locais, caso de Suely Façanha, missionária consagrada na Comunidade Católica Shalom; Ticiana de Paula, consagrada na Comunidade Um Novo Caminho; e o cantor Philipe Dantas.

O trio chegará junto para ressoar canções e mensagens de luz e esperança ao público. Toda a renda será revertida em prol das obras realizadas pelo Movimento Amare, que promove ação social em instituições carentes de Fortaleza e Região Metropolitana.

Famílias das vítimas do Edifício Andréa – cuja estrutura desabou totalmente no dia 15 de outubro, no bairro Dionísio Torres, em Fortaleza – igualmente receberão parte do valor arrecadado.

img2
Para o último show em Fortaleza antes da pausa nos palcos, Padre Fábio de Melo reserva experiência mais orante

Misericórdia

Em entrevista por e-mail ao Verso, Padre Fábio de Melo detalha que o show possui caráter mais orante, permeado de belas canções, voltadas para a contemplação da misericórdia divina em nossas vidas. 

“São músicas para ajudar os corações que necessitam ouvir pela primeira vez, ou mesmo relembrar, que Deus nos ama, que Ele é amor. Um amor que nos elege diariamente”, afirma.

Muito desse espírito dialoga com a perspectiva que alimenta acerca de como podemos superar as mazelas de uma realidade por vezes sangrenta e adoecida. 

Segundo ele, “a plenitude no mundo passa por nossas decisões. Que a redenção nos chegue, então, pelos braços da reflexão. Somente quando pensamos a vida que vivemos é que podemos interferir no como vivemos. Nessa busca de restauração espiritual, o Senhor é minha força, meu abrigo e fortaleza”.

A declaração parece ressoar com mais intensidade quando rememoramos as últimas escolhas tomadas pelo sacerdote. Em agosto deste ano, fãs e admiradores receberam a notícia de que ele daria uma pausa na carreira musical.

Antes disso, já havia excluído a conta no Twitter, rede social em que mantinha constante interação com usuários. As atitudes reverberaram sinal de cuidado para consigo de modo a prosseguir a caminhada humana e espiritual.

“Neste momento quero apenas priorizar minha saúde física e emocional”, situa, ao mesmo tempo que opina sobre a importância da presença de representantes da igreja em meios como, por exemplo, o virtual. 

“A característica principal das redes sociais é a aproximação entre pessoas, trazer para perto indivíduos que, por vias tradicionais, nunca teríamos a oportunidade de alcançar. Acredito que todas as ferramentas que possam ampliar o alcance da mensagem proposta, a troca de experiências e a interação, são válidas”.

Pontes

Indagado sobre o que a música mais lhe ensinou nesses anos em que a carreira na arte foi uma das principais bandeiras de trabalho, Padre Fábio de Melo é direto: “Nunca me limitei a um discurso de sacristia. O que quero, verdadeiramente, é fazer bem ao coração das pessoas. Os meus eventos são realizados com esse objetivo. Aprendi que a música tem esse poder de falar direto ao coração”.

Isso demonstra sobretudo a vontade de continuar trabalhando no ramo, embora não apenas. Pois ao mesmo tempo que anuncia estar finalizando um EP com seis faixas – lançado, em breve, nas plataformas digitais – também inclui novos projetos literários no horizonte futuro. Ainda vem muita coisa pela frente.

img3
Suely Façanha é uma das artistas locais que estarão no evento

“Meu trabalho de evangelização não se limita aos shows. Sou, sim, artista, mas antes de tudo, sou padre. Meu ofício é verdadeiramente de arte, de sensibilidade. Evangelizo também pela literatura, pelas minhas composições musicais. Há inúmeras formas de evangelizar. A música é apenas uma delas”.

A prosa finaliza com declaração de amor ao cearenses – “é sempre bom estar em Fortaleza, seja a passeio ou a trabalho” – e a certeza de que a face de Cristo que enxerga hoje é a mesma visualizada desde sempre ao longo da vida: a de um Deus humano, eleito, feito ele, pelo amor.

Serviço
Show “O Amor me elegeu”, de Padre Fábio de Melo
Neste sábado (16), às 19h, no Centro de Formação Olímpica do Nordeste - CFO (Avenida Alberto Craveiro, Castelão). Ingressos à venda no site da Bilheteria Virtual, Café Imprensa, Loja Tickets Shop, Canção Nova e durante celebrações no Colégio Santo Inácio. Contato: (85) 3393-8970