Maria da Penha Silveira e nenhum canto a silenciar

Vinte anos a ocupar diferentes espaços da cidade enquanto pessoa em situação de rua não contiveram a ânsia da mulher de seguir cantarolando