Tribunal de Justiça decide que pernambucano que matou primo deve ir à Júri Popular

A defesa do réu pretendia anular a sentença de pronúncia. O pedido, contudo, foi negado pelos magistrados