Transexual cearense é morta a facadas em São Paulo

Um amigo da vítima, que não quis se identificar, disse que Katarina decidiu se mudar para SP para trabalhar e ajudar no sustento da família.