Homem que matou ex-esposa estava em liberdade provisória

Primo da vítima denuncia que, minutos antes do crime, uma colega teria ido à cabine da Polícia Militar pedir ajuda, mas o agente disse que estava sozinho e não tinha como sair do local; o assassino estava em liberdade provisória