Empresária vai a júri popular por assassinato de advogado em 2010

Acusada e vítima saíram de escritório juntos, antes de o homem ser encontrado morto. Um celular dele foi localizado com a mulher, que é apontada como integrante de um grupo de extermínio liderado pelo iraniano Farhad Marvizi