Dez réus da 'Expresso 150' serão ouvidos

Os interrogatórios ocorrerão na sede do STJ, em Brasília, ou por meio de videoconferência