Advogado já foi investigado por atirar e ameaçar matar operários

Aldemir Pessoa Júnior, apontado como suspeito da morte da empresária Jamile Oliveira Correia, respondeu inquérito de caso que ocorreu em julho de 2005 no bairro Edson Queiroz por conta da suposta disputa pela posse do imóvel. Ontem, a defesa do advogado entregou o passaporte dele à Justiça