Toffoli anula decisão que dava acesso a dados de 600 mil pessoas

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, recuou da decisão que determinou que o antigo Coaf lhe enviasse cópias de todos os relatórios de inteligência financeira (RIFs) feitos nos últimos três anos