STF tem quatro votos para criminalizar LGBTfobia; retomada do julgamento ainda terá data definida

Até esta quinta-feira (21), quatro ministros proferiram votos na mesma direção. Faltam ainda os votos de sete ministros