STF derruba prisão após condenação em segunda instância

O Supremo Tribunal Federal decidiu, ontem, contra a validade da execução provisória de condenações criminais, conhecida como prisão após a segunda instância. Por 6 votos a 5, a Corte reverteu seu próprio entendimento de 2016