Proposta deve ser discutida nesta semana na CCJ da Câmara

Em meio aos problemas na articulação política e de críticas do líder do PSL, o partido de Bolsonaro, governo tenta montar uma estratégia para organizar sua base de apoio. A reforma requer mais do que a articulação governista tem conseguido oferecer até o momento.