Paulo César Norões: Tasso em dupla relatoria