Paulo César Norões: Interesse público em primeiro lugar