Paulo César Norões: Decreto das armas segue em debate