"Temos que respeitar a vontade popular", diz Bolsonaro sobre armas

Na terça-feira (7), o presidente assinou decreto que flexibiliza o porte e amplia a comercialização de armas no país