Queiroz diz que dividiu salários para ampliar gabinete de Flávio Bolsonaro

O ex-assessor afirmou que recolheu parte dos salários de funcionários do chefe para distribuir a outras pessoas para que trabalhassem pelo então deputado, ainda que não formalmente empregadas