Prefeito de Caucaia e deputada estadual serão investigados por perseguição política a servidores

Nesta terça, o MPCE abriu inquérito para apurar conduta de gestores para beneficiar a primeira-dama da cidade, Érika Amorim, em 2018, quando ela disputava o cargo de deputada estadual